Mochileira de Jesus

segunda-feira, 2 de abril de 2012

O Ungido Esquecido

Então Samuel tomou o chifre do azeite, e ungiu-o no meio de seus irmãos; e desde aquele dia em diante o Espírito do SENHOR se apoderou de Davi...  I Samuel 16:13


O Senhor ungiu Davi para ser rei em Israel, ele era apenas um garoto, mas depois dessa unção as coisas começaram a acontecer... ele vai tocar harpa para Saul, se torna pajem do Rei, derruba um gigante, vence todas as guerras e se casa com a princesa.


Esse seria o caminho perfeito para o trono, até a história deixar de ser um conto de fadas e passar a ser um filme de ação e drama.


Davi é perseguido, perde sua casa, tem que abandonar sua esposa, anda pela terra como um fugitivo sem um lugar para dormir. 


E além disso, o lugar que Deus prometeu a ele é ocupado por uma pessoa que não tinha mais noção do que estava fazendo, alguém que não era mais direcionado por Deus.


Davi escreve em um salmo:


O meu coração está dolorido dentro de mim, e terrores da morte caíram sobre mim. Temor e tremor vieram sobre mim; e o horror me cobriu. Salmos 55:4-5


Nesse momento Davi deveria ter lembrado de como era tranquila sua vida antes de Samuel derramar óleo sobre a sua cabeça, quando apenas era um pastor de ovelhas, passava o dia nos campos tranquilos e sua preocupação era somente as ovelhas. 


Ele termina o Salmo:


Entregue suas preocupações ao Senhor, e ele o susterá; jamais permitirá que o justo venha a cair. Salmos 55:22


Davi passava por vários altos e baixos, porque sempre uma situação o jogava para baixo, mas depois o Esp. Santo o levantava. Imagino como deve ter sido punk viver tudo isso, se submeter a Saul, mesmo sabendo que ele  já não deveria ser rei.


Acho que não existe coisa pior que ser liderada por um babaca, todos nós já passamos pela situação de ter um chefe, supervisor ou líder que não tem idéia do que faz e o mais estranho de tudo é que situações assim fazem parte do plano perfeito de Deus.


Se Saul não era exatamente um bom rei, ele ensinou muitas coisas a Davi, foi um verdadeiro exemplo de como não reinar. 


Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas. Romanos 13:1


Se aceitamos viver a vontade de Deus, temos que estar dispostos a ter os mais diversos tipos de liderança, a quem devemos considerar como professores, os quais nos ensinam com deve ser feito e como nunca devemos agir, até ser formado na universidade da vida, receber o diploma da perseverança e poder exercer nossa vocação no Reino de Deus.


Sinto orgulho de dizer que tenho e tive bons pastores e líderes, mas até aqueles que cometeram erros e "trapalhadas gospel" me ensinaram alguma coisa... alguns erros me feriram tanto, que hoje eu sei que se o Senhor me der poder e autoridade, jamais faria com as pessoas o que alguns fizeram comigo.


Davi demorou mais ou menos 15 anos para começar a reinar em Israel depois que foi ungido, sofreu muito, errou e se arrependeu, mas foi o rei mais honrado e até hoje é lembrado. 


A esperança que me dá Davi é que existe recompensa por toda a paciência e obediência, pois quem obedece a autoridade obedece a Deus (Rm 13:2) e obedecer é melhor que sacrificar.


Saul era um verdadeiro mané, mas Davi se submeteu enquanto ele viveu e honrou mesmo depois da morte. Que o Senhor nos dê paciencia e sabedoria para em vez de reclamar e falar mal de pessoas que exercem autoridade sobre nossas vidas, oremos e intercedamos por nossos pastores, líderes e governantes. #Amém.



10 comentários:

  1. Filha, parabéns pela postagem. Amei demais e lembrei de muitas coisas que passamos. Deus falou muito comigo neste texto, é difícil trabalhar em escola nos dias de hoje, sabe. Paciência e obediência. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada mãe, que o Senhor continue abençoando nossa família. Valeu por tudo!

      Excluir
  2. Davi foi um homem segundo coração de Deus e tem muitos exemplos deixados para nós e um desses exemplos é quando ele tinha td para se vingar de Saul, mas ele disse: Quem sou eu para fazer isso com o ungido do Senhor. Que bom exemplo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente muitos irmãos se acham no direito de julgar e críticar aqueles que o Senhor levantou para ser autoridade. Rebeldia é como feitiçaria.

      Excluir
  3. Daiane Miliran gostaria que explicasse o que significam suas palavras:"o que eu entendia como injustiça na verdade era proteção ". Grato.Aguardo resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Everaldo, muito obrigada por todos seus comentários, me animam muito continuar a escrever no blog.
      Eu escrevi isso no post "Decepcionada com Deus" em um momento muito difícil da minha vida e ministerio. Eu achava que era uma injustiça por exemplo eu estar "no banco" enquanto a igreja precisava de alguém para fazer o que eu queria fazer, e não achava justo Deus falar "fica sentada e quieta". Mas depois vi que não era injustiça, Deus não queria me expor para me defender... em outras palavras Ele não deixou eu "subir muito alto" porque eu não estava preparada e o tombo seria feio.
      Então eu estava como uma criança emburrada porque meu Pai (Deus) não me deixava dirigir uma moto, mas era simplesmente porque ainda não estava preparada, e ficaria em risco de machucar a mim e a outras pessoas.
      Não sei se me expliquei bem. Espero que tenha entendido.

      Deus te abençoe

      Excluir
    2. Sim, Daiane, entendi. Obrigado por responder. Estou atravessando o pior momento de minha vida que começou em setembro de 2014. Desde então, meu relacionamento com Deus foi abalado.Entre altos e baixos, cheguei a conclusão que não conhecia Deus como pensava. Não amava Deus como pensava. Não tinha fé suficiente em Deus como pensava.Precisava conhecer Deus verdadeiramente.Até agora, sinto que há algo impedindo minha comunhão com Ele e com o Espírito Santo.Procuro buscá-LO com mais intensidade em oração.Aumentei minha frequência aos cultos da Igreja.Mas, sinto que falta algo que precisa ser feito e não sei o quê! Tenho pedido a Ele para mostrar-me e ajudar-me a fazer o que for preciso.Quero servi-LO como Ele merece ser servido. Amá-LO como Ele merece ser amado. Honrá-LO como Ele merece ser honrado.
      Seus comentários sobre estar decepcionado com Deus foram muito pertinentes. Tem muito a haver com o que tem acontecido comigo. Mais uma vez, obrigado por compartilhar.
      Deus te abençoe!

      Excluir
  4. Daiane, li também seu comentário sobre "O Ungido". Podemos tirar grandes lições como você colocou muito bem. Não a conheço, mas fico feliz em ler o que compartilha. Deus a abençoe por isso!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir