Mochileira de Jesus

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Em dependência

Faz mais de 3 meses que estou morando na Europa, nos dois primeiros meses na Holanda na casa dos meus sogros e nesse último mês na casa de um pastor na Bélgica.

Quando Deus falou para mim e para meu marido para morar aqui a primeira coisa que eu pensei foi: "como eu vou trabalhar?, como eu vou conversar com as pessoas (não falo holandês)?, como eu vou exercer meu ministério?

Ainda lá no Chile onde vivi por 5 anos e falo com fluência o idioma, Deus já tinha pedido uma coisa estranha: liderar junto com meu marido (nesse tempo noivo) um grupo de jovens estrangeiros em inglês (idioma que falo com a mesma fluência do Lula, kkkk). Mas não demorou muito para entender o que Deus estava fazendo, eu vi que a garota independente, empreendedora, falante e com muitos anos de convertida se calando para que dar espaço para o seu futuro marido.

Eu tinha tomado umas lições sobre depender de Deus, mas essa de depender de uma outra pessoa é novo para mim. Isso é contrário a todo o movimento feminista e da vida moderna que diz "nunca dependa do seu marido". Agora eu não só dependo dele financeiramente, como também para me comunicar quando o inglês não funciona bem, ou seja, não posso fazer muita coisa sem ele.

Até mesmo minha relação com Deus mudou nesses quase 4 meses casada, antes era Deus e eu, agora sinto a necessidade de orar junto com meu marido e sinto que minha oração é mais eficaz unida a dele. Mas no fundo não sou dependente dele, nem ele de mim, nós dois somos dependentes de Deus.

A queda do homem no paraíso deriva da busca por independência, pois o que a serpente ofereceu era ser como Deus e assim não precisar mais dEle. A ideia de independência está relacionada com o sonho da maioria das pessoas e é associada a liberdade, pois considerar-se auto-suficiente alimenta o ego, mas é uma falsa ideia.

Todos precisamos de outros, seja relações emocionais, comerciais, afetivas. 

"A felicidade só é real quando é compartilhada" Christopher McCandless

Enquanto sucesso no mundo é torna-se cada dia mais "independente" o trajeto de Deus é fazer de nós cada dia mais depender da sua Graça, como originalmente nos desenhou.


A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.

2 Coríntios 12:9


Na dependência está a confiança, Paulo entendia bem que quanto mais necessitado fosse, mas dependente seria da Graça, quanto mais longe estivesse do lugar seguro, mas precisaria confiar que Deus é fiel. Talvez por isso ele não parava quieto, viajava e pregava o evangelho em diferentes e perigosos lugares.

Eu sou a videira e vocês os ramos; quem está em mim, e Eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. João 15:5

Cada dia que eu olho para trás e lembro de como pensava que era independente quando tinha um bom emprego e vivia em um apartamento legal, me faz lembrar também de como eu era tonta. rs

Roupa cara, carro do ano, eventos, dinheiro... tudo era dependente do meu emprego e quando eu perdi já não tinha mais nada.

Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu. Apocalipse 3:17 

Se você não for dependente de Deus, será de alguma coisa ou de alguém. A diferença é que Ele nunca vai falhar, te deixar ou te mandar embora. Cristo nos chama a ser como crianças que dependem dos seus pais, Ele diz que quem não for assim não entrará no Reino de Deus, em outras palavras:

DEPENDÊNCIA OU MORTE




terça-feira, 8 de março de 2016

Quando Deus não faz...

Fui questionada pessoalmente por uma pessoa após minha última postagem, e a pergunta era: "E se tivesse chovido no seu casamento? Nem sempre Deus faz o que a gente quer."

Isso é verdade, nem sempre nossas orações são atendidas, graças a Deus eu não casei com cada homem que eu orei para que me pedisse em namoro.

Entendo que algumas situações são bem difíceis de entender, faz uma semana mais ou menos que recebemos a notícia que minha cunhada estava no hospital acompanhando um amigo dela que levou com urgência a esposa grávida de 11 semanas porque ela se sentia mal, imediatamente eu e meu marido fomos para o quarto, ajoelhamos e pedimos a Deus pela vida da mulher e do bebê. Quando terminamos de orar recebemos a notícia que ela tinha falecido e consequentemente o bebê também.

Por um tempo fiquei triste por esse jovem pai/marido que perdeu sua família do nada, em uma noite. A pergunta que estava no meu coração é "por que Deus? Para que? Eu passo todo o tempo tentando mostrar que o Senhor faz milagres e essa era uma excelente oportunidade de mostrar aos que não creem." 

A resposta já estava no meu coração: "Deus é bom todo tempo, em todo tempo Deus é bom", ainda que não parece Ele continua sendo bom.

Sim é verdade, nem sempre Deus faz o que a gente quer, mas minha confiança sobre isso está na Palavra:

Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito. João 15:7

Geralmente as pessoas quando reclamam com Deus lembram da última parte do versículo, mas existe uma exigência, estar nEle e a Palavra dEle em mim. Isso faz com que minha vontade esteja alinhada com a dEle e nossos desejos e sonhos sejam mútuos.

Davi é um bom exemplo de uma pessoa que orou com toda sua fé para que o bebê não morresse, mas a criança morreu e Ele foi louvar e glorificar ao Senhor, não porque estava feliz com a morte e sim porque entendeu que essa era a vontade de Deus e isso era o melhor que poderia acontecer.

Então respondendo a pergunta: "como você tinha tanta certeza que não iria chover no seu casamento", porque eu deixei Deus escolher o marido, o local, a data e horário, eu realmente coloquei tudo nas mãos dEle e falei "faz como você quiser", eu senti Deus todo o tempo como o "Pai da Noiva" e Ele não iria esquecer desse detalhe que impediria a cerimônia. Talvez se eu não tivesse certeza que Ele estava no controle, até poderia adiar o casamento ao ver a previsão do tempo, mas sei que ele é melhor "wedding planner" que eu.

Agora nosso desafio é alugar um apto, mobilar e começar o processo do visto. E novamente a pergunta: "você não está preocupada?" Minha sincera resposta é: "Não! Deus sabe que somos felizes na América Latina e foi ideia dEle trazer a gente para Europa, e quando a ideia dEle, Ele cuida de tudo."

Adorar a Deus é a chave que abre todas as portas, glorificar seu nome quando tudo vai bem e quando tudo vai mal também. Como em um casamento o voto do Senhor para nós é que Ele é Emanuel, Deus presente na alegria, tristeza, tribulação, gozo... E idealmente a resposta para esse voto é:

Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no Senhor; exultarei no Deus da minha salvação. Habacuque 3:17,18


No nosso caso:

Ainda que a gente fique sem dinheiro, sem poder frequentar os lugares que a gente gosta, em uma casa simples sem nenhum luxo, ainda que a gente fique doente e longe das pessoas que amamos, ainda assim confiaremos e adoraremos ao Senhor.



segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

O Pai da Noiva

Faz um ano eu comecei a namorar com o cara que sabia que seria meu marido, não só porque ele é inteligente, bonito, legal e cristão, mas porque eu sentia a presença de Deus potencializada na nossa relação. Não foi necessário orar, pedir confirmação e nem nada... a maior prova que era a vontade de Deus era sentir o Espírito Santo entre nós quando estamos juntos.

Como já contei  na postagem Portas Automáticas, quando a gente foi até o pastor anunciar sobre a intenção de casar, ele nos perguntou quanto dinheiro a gente tinha separado para isso e a resposta foi: NADA, eramos dois estrangeiros no Chile e ele ganhava o suficiente para pagar o apartamento dividido com outro missionário, comer e me levar para sair uma vez por semana, e eu estava na mesma situação.

Mas Deus é maravilhoso e do NADA Ele cria todas as coisas, nos casamos e sentimos que Deus cuidou de cada detalhe, nos dava sempre o dobro que necessitávamos, cada flor, cada detalhe Ele pensou em tudo e fez melhor do que poderíamos sonhar.

Estava chovendo toda a semana, a previsão era de uma tempestade no dia do nosso casamento, mas Ele nos deu um dia lindo, eu lembro que quando dormi na noite anterior da cerimônia de casamento escutando o som da chuva, senti que Deus me cantou a música da Ivete Sangalo (sim dela mesmo):

"Quando a chuva passar e quando o tempo abrir, abra a janela e veja EU SOU o sol, sou céu e mar, sou céu e fim, e meu amor é imensidão"

OK, eu também fiquei muito surpresa de escutar o Espírito Santo me cantar uma música "mundana" mas foi isso que Ele me disse e foi isso que aconteceu, na manhã eu escutei os passarinhos cantando e quando eu abri a janela vi o lindo dia que Deus tinha preparado para nós, contrariando a todas as previsões climáticas.

Hoje estamos a mais de um mês casados, por enquanto na Holanda esperando o casamento civil na próxima semana, acabamos de chegar da lua de mel dos nossos sonhos na Indonésia, onde vimos que Deus é nosso Pai coruja e nos mimou com cada detalhe das duas semanas que passamos nas ilhas de Bali, Lombok e Gigi. Agora vamos alugar um apto na Bélgica e sabemos que aquele que começou a obra vai aperfeiçoar, por isso não estamos preocupados por NADA, seguimos orando e acreditando que Ele é fiel e sempre será.

Não se preocupem com NADA, mas apresentem a Deus vossos pedidos pela oração e pela súplica com ações de graças. Filipenses 4:6

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

A trilha desconhecida

"Andando se faz o caminho" Antônio Machado


Irei me casar em 44 dias e hoje descobri que o visto para morar na Bélgica (como era nossa intenção) é mais complicado do que eu pensava. Resumindo tudo: Não tenho ideia de onde irei morar!

Somos dois jovens missionários dispostos a ir a qualquer país, pela graça de Deus não precisamos nos preocupar por finanças, pois trabalhamos pela internet sem a necessidade de estar em um lugar físico especifico. Eu sinceramente tinha pensado que depois de casar eu teria uma casa, dois filhos e um cachorro, mas a realidade é que ele é tão disponível para Deus e solto de amarras quanto eu.

Essa história toda de mudança de país, casamento, formar família me fez pensar em assuntos polêmicos como homossexualidade por exemplo, eu tenho um pensamento sobre esse tema que não gosto de expor porque sempre terão religiosos dizendo que sou "light" e ativistas gays dizendo que sou do século passado, então eu pensei e orei:

"Deus meu Pai, em alguns dias irei formar uma família, talvez em alguns anos serei mãe. Até lá me ensina a verdade e me dê as respostas para que eu possa ensinar o correto para meus filhos."

Então senti Deus falando no meu coração e somente Ele poderia me dar uma resposta tão sábia, com a voz mais doce e profunda que existe, escutei Deus dizer:

"Você não foi chamada para dar respostas, e sim para ensinar as pessoas a buscarem a mim (Deus) para obter respostas, existe mais bençãos no caminho da busca que no encontrar. Não tire das pessoas isso!"

Escutar isso me deu descanso, tirou de mim o peso de ter que saber tudo e me lembrou uma frase:


"Mais importante que a chegada é o caminho, a descoberta de si mesmo e do entorno que te leva ao lugar desejado."

Também me lembro do pastor chileno David Berguño, que sempre dizia que "Deus as vezes se esconde um pouquinho, para que o busquemos e Ele se revele".


Verdadeiramente tu és o Deus que te ocultas, o Deus de Israel, o Salvador. Isaías 45:15

Assim como o objetivo de quem faz universidade não é só conseguir um diploma e sim o conhecimento, Deus trabalha da mesma forma nas nossas vidas, em vez de simplesmente nos dar um peixe, nos dá as ferramentas e conhecimento para pescar vários, isso não é uma regra, mas é o que acontece na maioria das vezes.  Em Cantares a igreja é representada pela a esposa, que diz:


Levantar-me-ei, pois, e rodearei a cidade;pelas ruas e pelas praças buscarei aquele a quem ama a minha alma... Cânticos 3:2


Amo a palavra "Saudade" ela só existe no português e é uma das palavras mais expressivas para mim. Que bom é abraçar alguém depois de sentir saudade! O desejo do Pai é se relacionar com seus filhos, parece uma contradição mas as vezes Ele se afasta para que possamos desejar nos aproximar mais.


Então voltarei ao meu lugar até que eles admitam sua culpa. E eles buscarão a minha face; em sua necessidade eles me buscarão ansiosamente". Oséias 5:15

Temos um Pai amoroso que mais do que estar com nós, Ele deseja que valorizemos sua presença, buscando sua face, nesse caminho encontramos respostas e bençãos, buscando a Ele recebemos todas as outras coisas que desejamos, essa é a benção do caminho... a benção da busca.

Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração. Jeremias 29:13




sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Portas Automáticas

"A fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que se não veem." Hebreus 11:1

Domingo passado na igreja Viña Las Condes, assisti uma pregação que não me deixou em paz até eu começar a escrever agora. O tema da pregação de Roger Cunningham era "Lo Impactante de La Fe" e ele deu um exemplo muito bom:

"Esperar o milagre sem dar passos de fé é como esperar a porta automática se ativar sem se aproximar dela"



Estou vivendo em tempo diferente e especial na minha vida, irei casar em 72 dias, e a 8 meses atrás quando toda essa história de casamento começou não tínhamos nada, absolutamente NADA.

Nós dois somos imigrantes no Chile, a vida é cara e não é nada fácil por aqui, ele tinha dinheiro só para pagar o apto que ele dividia com um amigo, comer e me pagar um cinema no fim de semana, e eu não era diferente.


Eu lembro de conversar por skype com um familiar, e toda feliz fui dar a notícia do casamento, depois me bombardeou com um milhão de perguntas... "do que ele trabalha?", "quanto ele ganha?", "quanto vocês tem guardado de dinheiro?". Para essa última pergunta minha resposta foi NADA. 


Esse familiar ficou tão desesperado que me perguntou em tom de surpresa:

- Se você não tem dinheiro??? O que você tem para casar?


Minha resposta foi: Fé!


Do lado da família dele, queriam saber como iriamos pagar a festa de casamento, que país iriamos morar, onde ele iria trabalhar e com a crise do Brasil, e a Dilma, e a crise de imigração e blablablá.


Todas essas perguntas são válidas, afinal "quem casa quer casa", mas realmente nosso coração não estava nisso, confiamos que Deus tem um projeto com nosso nome e que se era da vontade dEle, tudo iria acontecer.


Relembrando meu tempo de infância: Hakuna Matata - Jeová-Jire, Deus proverá e nos proveu TUDO, do nada ele nos deu até mais do que precisávamos. Meu noivo começou a trabalhar, eu fechei uns projetos, amigos nos deram ofertas, compramos passagens aéreas com 70% de desconto.


Nós descobrimos que não era necessário esperar todas as portas abrirem para começar andar, pelo contrário, porque demos passos de fé as portas se abriram. Decidimos casar, reservamos o lugar, buffet, fotografo e tudo mais sem ter nem o dinheiro para dar de entrada e agora graças a Deus só tenho que comprar o bouquet.



O que parecia uma muralha era só uma porta com sensor de aproximação, que meus olhos humanos não podia ver, mas que meu coração tinha certeza que eu não iria bater com a cara na parede.

Uma porta está fechada em alguma área da sua vida? Continue caminhando ainda que pareça que você vai bater o nariz no muro, passos de fé abrem portas espirituais!