Mochileira de Jesus

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Super-Heróis da Fé


Ao ler Hebreus 11 podemos imaginar um filme dos maiores Heróis da Fé reunidos em um único capítulo da Bíblia, e o poder especial de todos esses heróis era um só.. a FÉ.

A Fé que remove montanhas, ressucita mortos, derruba muralhas, divide o mar e vence exercitos. Esse poder especial pelo qual qualquer homem-aranha trocaria suas teias e que todos nós cristãos temos, em medidas diferentes, pelo qual Deus realiza coisas extraordinárias.

Em pensar que esses heróis citados em Hebreus, não eram pessoas que foram picadas por aranhas especiais, nem alterados genéticamente vítimas de forte radiação, eram pessoas como eu e você, que tinham dores, dificuldades, problemas no casamento, solidão, eram vítimas de violência e inveja de familiares.

Essas pessoas pela fé alcançaram o impossível e foram levados a viver histórias que inspiraram milhares de pessoas por milhares de anos, e abriram caminho para Jesus Cristo o maior Super Herói de todos os tempos, o qual salvaria para sempre a humanidade.

O mesmo Deus que presenteou a vida a Gideão, Moisés, Davi também deu uma vida para você, junto a ela a oportunidade de usar esse poder da fé e como um herói aceitar a missão de salvar vidas.

Mas as vezes parece que antes de salvar o mundo temos que enfrentar nossos vilões pessoais.. pagar as contas, fazer a lista do supermercado, acordar cedo, enfrentar o trânsito, trabalhar, aguentar o chefe e fora todos os problemas que aparecem sem avisar. Afinal:

Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma? Marcos 8:36



Mas não é com preocupações que Jesus nos ensinou ganhar a vida e sim, entregando nas mãos dEle.

Porque qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, mas, qualquer que perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, esse a salvará. Marcos 8:35

Quando eu era criança perguntei ao meu pastor: "Pastor, o que é idolatria?" Meu pastor me deu a resposta que seria o lema da minha vida:

"Idolatria é tudo que você tem que não pode entregar a Deus".

Esse ensinamento se tornou o principal para mim, afinal, o primeiro mandamento é não ter outros deuses e amar a Deus sobre todas as coisas. Eu devia ter uns 12 anos, mas ficou marcado no meu coração, tanto que eu sempre fazia testes em pensamento "Se Deus pedir meu video-game novo eu entregaria?".

E chegou o dia que não era um teste de pensamento e sim minha vida, o Senhor estava pedindo para que eu deixasse TUDO por aparentemente NADA, as palavras daquele pastor latejavam no meu coração. Chegou o dia de cumprir o voto que havia feito na igreja: 

"Não há nada que eu tenho ou vou ter que não possa deixar por Deus".


Sinceramente não foi difícil sair do Brasil, era como fazer uma viagem e não voltar, depois foi complicando mais as coisas, mas nada tão díficil de entregar ao Senhor. Eu sempre recordava a Deus essa frase ai em cima, e dizia que Ele poderia pedir o que Ele quisesse que eu jamais reteria em minhas mãos.


Até que novamente a Renata me empresta um livro "Quando as mulheres vivem pela fé" de Lysa Terkeurst. Um dos livros dela já tinha sido responsável pela postagem  Decepcionada com Deus  e agora quando me entregou esse livro alertou que daria conteúdo para mais uma postagem, palavra de profeta.. dito e feito, estou aqui escrevendo!

É um livro interessante direcionado a mulheres cristãs que desejam um propósito de vida, nada que fosse tão diferente dos outros livros. Mas ao conhecer um pouco a vida da autora narrada no livro, me dei conta que tínhamos em comum o mesmo sonho ministerial, me identifiquei muito, são poucas as mulheres que desejam isso.

Por um minuto parei de ler o livro e pensei: "Ela deseja tanto isso, e se não acontece?" então transferi essa pergunta para a minha vida: "Eu desejo tanto isso, e se não acontece?". Caros leitores, essa mulher que te escreve teve uma crise de pânico, comecei a chorar só de pensar da possibilidade de nunca viver meu sonho de infância.

E chorei mais ainda quando fiz meu teste mental: "E se Deus me pedir isso?" Owwww.. que terrível! Comecei a chorar mais, nunca havia pensado que Deus pudesse pedir que eu abandonasse um sonho que supostamente era para a glória dEle mesmo.

Então vi que em esse momento, isso era um ídolo para mim e eu precisava renunciar por amor a Deus. E que difícil!!! Só de pensar na possibilidade de não acontecer me dava sensação de terror, pior que um pesadelo.

Eu sabia o que tinha que fazer, mas e se eu deixasse nas mãos de Deus e Ele resolvesse não realizar? Meu estomago quase se decompôs de pensar nessa possibilidade.

Mas decidida eu me ajoelhei no chão e por alguns minutos chorei ajoelhada, então com muita dificuldade e orei que entregava meu sonho a Deus e estava disposta a viver a vontade perfeita dEle, ainda que em essa o meu sonho nunca se realize.

"Meu sonho nunca se realize". Isso doeu no mais profundo do meu coração, mas quando terminei de orar, milagrosamente senti que estava livre de uma tonelada nas costas, como se tudo que eu estava me esforçando (em vão) para que meu sonho se realizasse já não precisasse ser feito, Deus estava a cargo disso agora, senti um alivio que só o Senhor pode dar.

Pareço um pouco exagerada de escrever isso, mas Deus sabe que foi a maior oferta da minha vida e sinceramente não sei o que vai acontecer, mas estou com muita vontade de viver.

Talvez você também tenha sonhos, e até podem ser promessas, mas por algum minuto virou seu objetivo de vida e a felicidade passou a depender disso, é bem provável que você necessite entregar isso ao Senhor, lembre sempre "Eu não posso ter nada que não possa entregar a Deus". Ore e busque a direção do Senhor sobre isso, as vezes temos ídolos no nosso interior que nunca o consideraríamos como "deuses" se não fazemos essa pergunta ao nosso coração.

Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele o fará. Salmos 37:5


8 comentários:

  1. O povo prefere crer em deuses que podem ver, ao crer no Deus invisível e realizador do impossível.

    ResponderExcluir
  2. Ótima postagem, Dayane! Temos de nos policiar para que nem mesmo nossos sonhos ministeriais sejam ídolos em nossas vidas! As vezes me pego envolvida demais até mesmo em dois blogs cristãos que cuido e percebo que não é bom que eles me tirem o principal que é minha comunhão com Deus! Sei que as vezes é difícil mesmo entregar nossos sonhos nas mãos de Deus, mas sabemos que os pensamentos dEle são mais altos que os nossos, e só isso já nos basta para aceitarmos, né? Fique com Deus! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz querida, realmente devemos tomar cuidado para não cair no ativismo e esquecer de reservar um tempo para Deus e sempre lembrar que Ele é 1º lugar na nossa vida.
      A nossa esperança é essa, que entregamos a Deus e Ele quer o nosso bem e vai fazer muito mais do que podemos sonhar ou imaginar! Deus te abençõe! bjo

      Excluir
    2. Dayane! Escrevo também para o blog http://igrejacasadosenhor.blogspot.com.br que dia 07/10 mudará de domínio: http://ministeriogeradosporcristo.blogspot.com.br
      Somos um ministério online de evangelismo, e toda terça-feira temos uma categoria de entrevistas no blog. Como admiramos missionários ao redor do mundo e pessoas que levam o Evangelho à outros lugares, gostaria de convidá-la para ser nossa entrevistada lá no blog! Caso aceite, peço por gentileza que você responda este comentário com seu e-mail, e aí envio as perguntas e a data de publicação da mesma no blog! Fique com Deus e tudo de bom, flor!

      Na Paz,
      Priscila

      Excluir
    3. Paz Priscila, fico muito honrada de poder contribuir no seu blog.

      Meu e-mail.. arq.dayane@gmail.com

      Deus te abençõe

      Excluir
    4. Nós é que ficamos, Dayane! Iremos preparar as perguntas e provavelmente lhe enviamos via e-mail na semana que vem! Obrigada e fique com Deus!

      Excluir
  3. Li seu (blog mochileiradejesus.blogspot.com.br/2012/09/super-herois-da-fe.html?m=1)
    onde você comenta sobre sonhos ministeriais e sua possibilidade de ser
    idolatria. Você foi a primeira pessoa que vi escrever sobre a
    importancia do temor ao Senhor quanto a nossos sonhos.
    Concordo com esse pensamento. Mas por concordar tenho uma cadeia de
    perguntas e, se a amada irmã puder me ajudar, lhe agradecerei se puder
    me ajudar a ter um norte no que fazer para glória de Deus.
    1-É correto termos sonhos ministeriais? Ou não passamos de servos
    inúteis que só fazem aquilo que nos foi mandado?
    2-Vejo tantos irmãos, sem o mesmo temor, mas por terem esses sonhos
    ministeriais fazem tanto para o Senhor e de verdade parece que Deus
    está com eles, acompanhando suas escolhas e demonstrando que está
    feliz com isso. Será esse o certo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, a paz querido,

      Eu aprendi (como falei no post) que não posso ter nada que não posso deixar, sacrificar ou abandonar por Deus (isso inclui os sonhos), ainda sendo muito importante para nossa vida, mas não pode ser mais importante que a vontade de Deus. Por exemplo seu sonho é ser pastor e se a vontade do Senhor é que você só seja um pai de família, eu tenho que amar a vontade de Deus mais do que o desejo de ser pastor. Não sei se dá para entender bem.

      Deus te abençoe,

      Excluir