Mochileira de Jesus

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Retrospectiva 2011 da Minha vida

Tenho 24 anos de idade e com certeza esse foi o ano que mais aprendi e cresci em toda minha vida. Não preciso dizer que foi um ano díficil, mas seguramente foi o mais surpreendente de todos.


O ano começou com uma maravilhosa palavra, seria ano de Abraão, ano de sair da minha terra, da minha parentela para a terra que o Senhor ia me mostrar. Ano de vencer a esterilidade, construir altares, provar a fé e a obediencia.


Se eu fosse escolher uma palavra para descrever esse ano seria FÉ.


Fevereiro foi marcado com uma revira-volta na minha vida profissional, com a saída na Athie Wohnrath e a tomada de decisão, de não mais viver o provavél com a imagem do sucesso cobrindo todo o vazio que estava em mim, mas seguir um sonho, que não era um sonho qualquer, mas era a missão de cumplir o sonho de Deus.

Cheguei em Santiago dia 21 de fevereiro, e vi a cada dia Deus fazer o sobrenatural, aprendi a receber de Deus e a confiar nEle para tudo.



Dia 9 de março me apaixono e começo a namorar, desconsiderei principios espírituais de julgo desigual por estar cegada por uma paixão, vivi momentos inesqueciveis, ri muito, chorei de saudade, falei Eu te amo, e ouvi dezenas de declarações de amor. Veja Felix & Day


Sei que o Felix não foi bem a vontade perfeita de Deus para mim, mas sei que Deus permitiu, pois aprendi muitas coisas nessa relação, graças a Deus ele pode conhecer mais o Senhor e eu deixei de ser tão incrédula em relação ao amor e ao casamento.


Dia 26 de março fui na Igreja Renacimiento, e o que para mim seria somente férias no exterior se transforma na maior oferta da minha vida. Deus me fala que deveria ficar nessa igreja, e me mostra quem seria meu pastor... Pr. Roberto.


Dia 31 eu volto para São Paulo, totalmente confusa a respeito de tudo, em 40 dias eu tinha criado laços muito fortes em Santiago. Estava apaixonada e Deus tinha me mostrado uma igreja onde servir. Confesso que ao chegar em São Paulo eu tentei esquecer essa história de voltar para Santiago, mas as coisas estavam diferentes, Sampa não era mais minha cidade, minha casa não era mais minha casa, a igreja não era mais minha igreja. Sentí que Santiago era meu lugar e já não tinha como continuar em Sampa.


Volto para Santiago no dia 23 de abril com uma passagem somente de ida, sou recepcionada com uma aliança do Félix e senti que estava no lugar onde o Espírito Santo  queria que eu estivesse.


Devido a problemas para receber meu seguro desemprego, tenho que voltar para São Paulo novamente, mas agora eu estava saindo de Santiago com a amizade bem abalada da Caterina, ja não poderia ficar na casa dela, o dinheiro estava acabando e não tinha nem idéia de onde iria trabalhar.


Chego em Sampa novamente dia 31 de maio e teria que voltar dia 7 de junho, mas... as cinzas do vulcão Puyehue fez com que todos os voos para Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai fossem cancelados. só consegui voltar a Santiago dia 19 junho e Agora era para valer! Já não tinha nenhuma pendência em SP, voltei a falar com o meu vô (que eu não falava a mais de 6 anos) tinha vendido o carro e ofertado para cumplir meu voto e voltei a Santiago com $600.000 pesos (menos de R$2.000).


Assim que cheguei Deus abriu as portas, fui recebida na casa da Alice (obrigada por tudo querida) e no dia 21 de junho mudei para o Apartamento, o Senhor prosperou os meus recursos (isso não durava 15 dias na minha mão em SP) e vivi bem por até Agosto, quando fui falar ao Senhor que precisava urgente de um emprego.

Comecei a trabalhar dia 5 de Agosto, uma sexta-feira as 15hs da tarde. Bem atípico, mas foi a provisão do Jeová-Jiré. Conhecer a Bernardita (dona da construtora) foi uma das experiencias mais loucas que tive na minha vida, posso dizer que ela em 5 meses me ensinou mais do que muitas pessoas que conviveram comigo por anos.

Realmente não posso explicar como uma pessoa que não crê em Deus, possa ser tão usada pelo mesmo para me abençoar e me ensinar.



Dia 5 de Setembro acontece o previsível... meu namoro com o Felix termina (Isso não é um livro) e dia 14 de Setembro eu mudo para a casa da Bernardita (Mudanças e Transformações).


Apartir de então entro em um outro nível espíritual, como se estivesse entrado em uma universidade celestial de como viver, confiar e depender de Deus. O Senhor começa a trabalhar na minha vida, primeiramente me mostrando que a graça me basta e que é caminho que eu deveria andar,  depois Deus me prova que não sou nada e ninguém sem Ele na minha vida, longe dEle eu nada posso fazer.


Para encerrar o ano, Deus me põe em frente ao um espelho e me faz olhar a mim mesmo, tive que expor e assumir que tinha deformações no meu carater que Deus precisava trabalhar e que por trás da Máscara de saúdavel eu estava doente e precisava ser tratada por Deus.


Fiz jus ao nome desse blog e fui de mochileira a Iquique, onde entrei em um deserto físicamente e comecei a sair do deserto espíritual.


Aprendi a confiar e esperar em Deus, assumi que não sou auto-suficiente e sim 100% dependente de Deus, descobri que sem Ele e longe dEle não posso nada e se não for para Ele não tem sentido levantar da cama.


Descobri que o Deus da prosperidade também envia crises e junto com a dificuldade o poder de resistência. Aprendi a receber, a calar, repartir, ouvir, chorar... como eu aprendi a chorar, e acho que o mais importante: eu aprendi a obedecer.


Errei, pequei, me arrependi, entreguei, senti raiva de Deus, amei o Senhor acima de tudo, pedi, recebi e liberei perdão, me apaixonei, aprendi a ofertar, me diverti, ri muito, chorei demais, fiquei sem dinheiro e sorri do mesmo jeito, servi, busquei meus límites e não encontrei, viajei, senti frio, recebi abrigo, voei de parapente, fiz amigos, senti medo, fiquei sozinha, recebi consolo, amei, amo, fui e sou amada.


2011 - O ANO QUE ME TORNEI ADULTA



2 comentários: