Mochileira de Jesus

segunda-feira, 15 de abril de 2013

E a sorte mudou...

O meu último post Meshame Makom Meshame Mazal eu escrevi sobre um conto judeu que fala que quando você muda seu lugar, sua sorte muda também.

Eu havia escrito no último mês de 2012 e agora em 2013, posso celebrar o novo tempo.

Existe algo especial no dia 01/01 de cada ano, a oportunidade de recomeçar e fazer diferente. Sei que podemos fazer isso qualquer outro dia, mas é algo simbólico que nos motiva começar um novo ciclo na nossa vida.

Foram muitas mudanças na minha vida... casa, igreja, grupo de amigos, objetivo ministerial, pastor, bairro, trabalho.. tenho praticamente uma outra vida e graças a Deus muito melhor.


Estou feliz como a muito tempo não estava, depois de um tempo tão doloroso e difícil, enfim chegou o tempo de paz e descanso. Agora não há nada que possa me deixar triste, com exceção a lembrança do tempo difícil que vivi. Eu tenho tantos motivos para me alegrar do meu presente e futuro, mas o passado sempre recorda como eu cheguei aqui e tudo que chorei.

Isso prova que por mais contente e fortalecida que eu esteja agora, existem feridas. A minha humanidade quer esfregar na cara do passado o quanto sou feliz agora, quero voltar ao início só para dizer que estou vivendo o melhor de Deus e que venci todas as tentativas de me fazer desistir.

Existe um desejo de vingança, de mostrar a todos o castelo que construí com as pedras que atiraram em mim...

“Quando o que eu mais queria era provar pra todo mundo, que eu não precisava provar nada pra ninguém.”

Essas são as ironias da minha personalidade, simboliza o quanto ainda é necessário o trabalho de Deus, que definitivamente Ele tem muitas coisas para fazer na minha vida.
Eu gostaria de ser forte o suficiente para esquecer a dor do passado, mas talvez não seja a vontade de Deus apagar minha memória, resetar minha vida e sim me curar até que meu passado não me machuque mais.

Paulo ensina a fazer isso:
... uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. Fl 3:13-14

Minha vingança é o Senhor, é o testemunho de vida, são os milagres e frutos produzidos pelo Espírito Santo e contra isso não há argumento. Minha vingança é seguir o caminho que Deus desenhou, é andar em santidade é calar a voz mentirosa e acusadora com minha obediência a Deus.

“Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira, porque está escrito: Minha é a vingança; eu recompensarei, diz o Senhor.” Romanos 12:19

Minha vingança é confiar na justiça de Deus, e saber que Ele é fiel, Ele cumpre a Palavra que deu por profecia, Ele é quem levanta e faz cair, ele é o que ungiu e enviou.

Tendo uma boa consciência, para que, naquilo em que falam mal de vós, como de malfeitores, fiquem confundidos os que blasfemam do vosso bom porte em Cristo. I Pedro 3:16

Jehova Tsidkenu – O Senhor é minha justiça!


2 comentários:

  1. Estava ansioso para poder ler mais uma postagem desse abençoado blog!!!
    Feliz em poder ver Deus falando através de seus textos querida irmã !!!

    Uma vez um teólogo chamado C.S.Lewis escreveu: "Existem coisas melhores adiantes do que qualquer outra que deixamos para trás." quem sabe ele não tenha pensado em Fl.3:13-14!?

    Que nós estejamos firmados nessa certeza de dia em dia, pois sem dúvida Deus é a nossa Justiça !

    Deus te Abençoe !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém Lucas, obrigada pelo seu comentário.. ♪♫ O Melhor de Deus ainda está por vim ♪♫ na sua vida também. abraço!

      Excluir