Mochileira de Jesus

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Portas Automáticas

"A fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que se não veem." Hebreus 11:1

Domingo passado na igreja Viña Las Condes, assisti uma pregação que não me deixou em paz até eu começar a escrever agora. O tema da pregação de Roger Cunningham era "Lo Impactante de La Fe" e ele deu um exemplo muito bom:

"Esperar o milagre sem dar passos de fé é como esperar a porta automática se ativar sem se aproximar dela"



Estou vivendo em tempo diferente e especial na minha vida, irei casar em 72 dias, e a 8 meses atrás quando toda essa história de casamento começou não tínhamos nada, absolutamente NADA.

Nós dois somos imigrantes no Chile, a vida é cara e não é nada fácil por aqui, ele tinha dinheiro só para pagar o apto que ele dividia com um amigo, comer e me pagar um cinema no fim de semana, e eu não era diferente.


Eu lembro de conversar por skype com um familiar, e toda feliz fui dar a notícia do casamento, depois me bombardeou com um milhão de perguntas... "do que ele trabalha?", "quanto ele ganha?", "quanto vocês tem guardado de dinheiro?". Para essa última pergunta minha resposta foi NADA. 


Esse familiar ficou tão desesperado que me perguntou em tom de surpresa:

- Se você não tem dinheiro??? O que você tem para casar?


Minha resposta foi: Fé!


Do lado da família dele, queriam saber como iriamos pagar a festa de casamento, que país iriamos morar, onde ele iria trabalhar e com a crise do Brasil, e a Dilma, e a crise de imigração e blablablá.


Todas essas perguntas são válidas, afinal "quem casa quer casa", mas realmente nosso coração não estava nisso, confiamos que Deus tem um projeto com nosso nome e que se era da vontade dEle, tudo iria acontecer.


Relembrando meu tempo de infância: Hakuna Matata - Jeová-Jire, Deus proverá e nos proveu TUDO, do nada ele nos deu até mais do que precisávamos. Meu noivo começou a trabalhar, eu fechei uns projetos, amigos nos deram ofertas, compramos passagens aéreas com 70% de desconto.


Nós descobrimos que não era necessário esperar todas as portas abrirem para começar andar, pelo contrário, porque demos passos de fé as portas se abriram. Decidimos casar, reservamos o lugar, buffet, fotografo e tudo mais sem ter nem o dinheiro para dar de entrada e agora graças a Deus só tenho que comprar o bouquet.



O que parecia uma muralha era só uma porta com sensor de aproximação, que meus olhos humanos não podia ver, mas que meu coração tinha certeza que eu não iria bater com a cara na parede.

Uma porta está fechada em alguma área da sua vida? Continue caminhando ainda que pareça que você vai bater o nariz no muro, passos de fé abrem portas espirituais!





Nenhum comentário:

Postar um comentário