Mochileira de Jesus

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Renascendo pelo Caminho da Graça

Antes de começar a escrever de verdade, gostaria de esclarecer que não estou fazendo crítica a nenhuma igreja, principalmente a igreja Renascer em Cristo onde eu cresci e aprendi 90% de tudo que sei.



Gostaria de compartilhar aqui o momento que estou vivendo e o que Deus tem me mostrado. Tudo tem seu tempo, há tempo de plantar e há tempo de colher, muito do que eu estou colhendo agora é fruto de minhas atitudes no passado.


Faz mais ou menos 2 semanas que eu comecei a olhar para minha vida e enxergar tudo que Deus tinha feito e estava fazendo e senti vergonha, me senti constrangida de receber tanto e não entregar nada, me senti também uma inutil diante de Deus. Por que o Esp. Santo falava tanto comigo e Deus realizava cada um dos mais mimados sonhos do meu coração e eu não estava participando de nenhum desafio, entregando absolutamente nenhuma oferta especial, fora que também não ajudo a igreja em nada, em nada mesmo.

Eu olhei para mim e pensei... eu tenho que sentir vergonha disso, como eu posso receber tanto e não fazer nada??? Então fui orar (uma das minhas regras aqui é não fazer nada por impulso e sim por convicção), daí perguntei.. Deus o que eu faço? E Deus não respondeu nada, então depois de algumas perdas famíliares e um stress adicional no trabalho, comecei a perguntar a Deus constantemente: "O que estou fazendo aqui no Chile?" e a resposta era... nenhuma.. Deus não falava comigo, sem nenhum motivo aparente... eu estava em comunhão e santidade... estava tudo bem, Deus respondia os desejos mais íntimos e bobos do meu coração, mas Deus não respondia a pergunta mais importante para mim.

Dai como sempre eu liguei chorando para minha pastora... falei "pastooora, eu tenho tudo que meu coração deseja, mas me sinto uma inútil e não merecedora diante de Deus", minha sábia e ungida pastora me falou o óbvio... aquilo que as criançinhas aprendem na escola dominical... "nós nunca vamos ser merecedores, não é pelas coisas que eu faço e sim pelo que Jesus fez. Não é por merecimento, é por graça".


Claro.. era mais que óbvio, na teoria todos sabemos que não somos merecedores, mas será que só eu que pensava que era uma pessoa espiritual que fazia coisas boas e por isso recebia prosperidade do Senhor? De todo meu coração eu desejo que fui só eu que pensei que minha oferta me fazia prospera, que minhas atitudes justificavam o exito que eu tinha na minha vida, de verdade gostaria de ser a única equivocada dessa história, mas eu sei que não sou.

Sei que tem teologia para justicar tudo e não desminto nada que eu vivi, mas... agora eu sei, Deus me deu porque Ele é bom e misericordioso, não porque eu sou boa.

Agora faz sentido um episódio da minha vida... (mais ou menos 2 anos atrás)

Um dia eu estava indo para a igreja, e no caminho eu estava perguntando um montão de coisas para Deus, eu estava chorando e muito triste, queria saber o porque de tudo, então eu cheguei na igreja e Deus me deu uma palavra, 1 única Palavra que respondeu todas minhas perguntas. Eu fiquei tão, mas tão feliz que cheguei em casa e a primeira coisa que fiz foi ajoelhar e perguntar a Deus o que Ele queria... qualquer coisa, eu estava disposta a entregar em gratidão ao que o Senhor tinha feito.

E a resposta que o Senhor me deu foi: I Samuel 15:22

"Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender melhor do que a gordura de carneiros.” 

A principio fiquei assustada, porque só agora percebo que eu não tinha entendido o que Deus falou.. na hora eu queria saber em que não estava obedecendo, se tinha algum pecado oculto, se tinha alguma coisa que eu estava pecando constantemente, e Jesus me ignorou, assim como fez com Pedro quando fez a pergunta se queria uma cabana para Elias.

Ok.. agora entendo tudo... Deus não quer o meu sacrificio, Deus quer minha obediencia, entendi que o que agradou a Deus na oferta de Abraão não foi o sacrificio, foi o atender o pedido do coração do Senhor, ainda que isso significava fazer um sacrificio. Entendi que não importa o quanto eu oferto, se isso não começou no coração do Senhor não tem valor nenhum diante dEle.

Depois de entender tudo isso, Deus respondeu minha pergunta... "O que eu estou fazendo no Chile?", Ele me falou: "Não é o que você está fazendo, é o que Eu (Deus) estou fazendo e vou fazer atravéz de você".

Que o Senhor seja louvado por cada segundo da minha vida. Amém

Nenhum comentário:

Postar um comentário