Mochileira de Jesus

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Tristeza

♫ É melhor ser alegre que ser triste, alegria é a melhor coisa que existe é assim como luz no coração ♪


Perguntei a Deus onde é que eu tinha deixado minha alegria, porque a buscava e não encontrava.


Sempre quando estou triste sinto um peso muito grande por não estar contente, porque o que tinham me informado é que as pessoas que aceitam Jesus não tinham problemas, viviam sorrindo, cantando, recebiam dinheiro do céu e quando viesse alguma coisa díficil era só falar "tá amarrado".


♫ É preciso um bocado de tristeza, senão não se faz o samba não ♪


É bom estar na luz, mas há tempo para todas as coisas, e por algo Deus também criou a noite.


É na escuridão onde vemos luzes onde não sabiamos que existiam, é quando deixamos de ver com nossos olhos físicos e passamos a enxergar além do que nossos olhos podem ver.

Foi de noite que Deus fez a promessa que Abraão seria pai de uma grande nação, e nada é por acaso, estava escuro Abraão não podia enxergar seu corpo envelhecido, não podia ver os cabelos brancos de Sara, tudo que ele tinha era um céu cheio de estrelas e a voz de Deus que falava que sua descendência seria muito maior que ele podia contar.

Em momentos de solidão que aprendemos que não estamos sozinhos, no silêncio que escutamos melhor a voz de Deus, na escuridão que podemos ver nítidamente a luz das promessas do Senhor.


Assim como é necessário a noite para completar um dia, também é preciso o período de escuridão na nossa caminhada cristã.


E é exatamente quando não podemos ver nada que colocamos nossa fé em prática, pois caminhar na claridade é fácil, mas a definição de fé é...


Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem. Hebreus 11:1


Aquele que tem fé é aquele que anda no meio da escuridão sem saber o que vai acontecer no próximo passo, mas está segurando nas mãos de Jesus e não deixa de caminhar porque confia naquele que está guiando.


Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. Salmos 23:4


E assim a solidão, dor, sofrimento, tristeza e choro podem durar uma noite, mas a alegria vem junto com o sol ao amanhecer (Salmo 30:5).


E como diria Renato Russo: 
♫ Mas é claro que o sol vai voltar amanhã ♪

2 comentários:

  1. Muito Bom este post, li e as vezes me sindo assim,continue a escrever, vou postar no meu blog se vc autorizar.

    Paz.

    ResponderExcluir
  2. Claro irmão, só coloca a fonte.. Deus te abençõe!

    ResponderExcluir